domingo, 6 de maio de 2012

Mais um round sobre a doutrina politicamente correta

De Luiz Felipe Pondé, professor de filosofia e colaborador da Folha, sobre a praga politicamente correta:

"O problema com o politicamente correto é que ele a acabou por criar uma agenda de mentiras intelectuais (filosóficas, históricas, psicológicas, antropológicas etc.) a serviço do "bem", gerando censura e perseguições nas universidades e na mídia para aqueles que ousam pôr em dúvida suas mentiras "do bem". 


(...) Movidos pela ideia rousseauniana de que o mais fraco politicamente é por definição melhor moralmente, o exército do politicamente correto se transformou numa grande horda de violência na esfera intelectual nas últimas décadas, criando uma  verdadeira "cosmologia" politicamente correta - por exemplo, dizendo que Deus é na verdade uma Deusa - a serviço da transformação do mundo no mundo que eles têm na cabeça, muitas vezes inviabilizando qualquer possibilidade de pensar diferente.


(...) O politicamente correto hoje é muito amplo como fenômeno, mas sempre é autoritário na sua essência, porque supõe estar salvando o mundo." (Do Guia politicamente incorreto da filosofia - ver ao lao, seção Livros).

9 comentários:

Chesterton disse...

Subjetivismo Epistemológico.

Dawran Numida disse...

O politicamente correto é niilismo arrogante.

Paulo disse...

Burrice ontológica a do covarde das 11.48 que se esconde sob pseudônimo.

Anônimo disse...

tõ na área
ei @#$#@ das 7:38
Por acaso Paulo é identificaçãO?.
Vá roçar nas ostras.
kkkkkkkkkkk

fui...

Chesterton disse...

Ei, Paulo, somos xarás, meu nome é Paulo Chesterton. Não fique putinho, pois adorei o post, e admiro o Pondé.

Anônimo disse...

tô na área
Paulo que dá em chico dá em Francisco.
argh....

fui..

Anônimo disse...

Pondé é um idiota. Seus fãs dizem que ele estimula a reflexão. É preciso esta merda para pensar? Lamentável

Gutapeche disse...

Merda é escrever como você, anônimo covarde das 8:47. Você deve ser um desses idiotas politicamente corretos que ele tanto critica.

Gutapeche disse...

Merda é escrever como você, anônimo covarde das 8:47. Você deve ser um desses idiotas politicamente corretos que ele tanto critica.