quinta-feira, 31 de março de 2016

A ideologia é devastadora

Marilena Chaui: de que sanatório terá saído a filósofa da corte petista, que odeia a classe média?

4 comentários:

Anônimo disse...

Barbaridade! Que cara de louca, meu!!! Ô lôco, bicho!!!

Anônimo disse...

Sem comentário

Anônimo disse...

A Marilena Chauí é a garota propaganda do que é o meio universitário brasileiro.

lgn disse...

Uma das drogas mais poderosas é aquela que cria dependência intelectual. Karl Marx criou uma das drogas mais devastadoras conhecidas, o comunismo. Um vez tomado, o intelecto somente age em função da droga e precisa se alimentar se reunindo com outros drogados. A aparência é de uma pessoa normal e até com articulação lógica, racional. Mas para detectar o vício, basta prestar atenção ao discurso. Ele bate de frente com a realidade. O drogado intelectual confia muito mais em suas fantasias do que na realidade. A implosão do sistema implantado nas URSS, simbolizado pela queda do muro é resultado direto dessa impossibilidade. Fazer a fantasia substituir a realidade. Portanto, onde quer que grasse essa indigente ideologia, não serão os partidos políticos de oposição que a derrubarão, pois eles são facilmente cooptados pelo discurso humanitário do viciado. Mas, felizmente, a realidade não dorme, não desanima, não se dobra, não se avilta, e segue seu caminho com todas suas leis naturais.