terça-feira, 8 de março de 2016

Mais uma: Lula está na mira da CPI do Carf.

Desenrolada a teia em que se meteu, Lula não terá mais sossego. Os parlamentares exigem explicações sobre a venda de medidas provisórias durante seu governo, esquema investigado na Operação Zelotes:


Tão logo foi instalada na Câmara dos Deputados, a CPI que vai investigar fraudes bilionárias no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf), órgão vinculado à Receita Federal, recebeu uma enxurrada de requerimentos de convocação que causam pavor ao governo. 

Como já era de se esperar, os parlamentares querem colocar o ex-presidente Lula na tribuna do colegiado para dar explicações sobre a suspeita de venda de medidas provisórias em seu governo para favorecer montadoras de veículos - esquema investigado pela Operação Zelotes, da Polícia Federal. 

O requerimento foi apresentado na tarde desta terça-feira pelo deputado José Carlos Aleluia (DEM-BA). Ele também quer ouvir o filho do ex-presidente, Luis Cláudio Lula da Silva, outro implicado na operação. No pedido de convocação, Aleluia recorre a trecho da delação do ex-líder do governo Delcídio do Amaral, que, conforme reportagem da revista IstoÉ, afirmou que "por várias vezes Lula solicitou a ele que agisse para evitar a convocação do casal Mauro Marcondes e Cristina Mautoni para depor". Os dois, que foram presos, foram apontados como operadores do esquema de pagamento de propina em troca da aprovação de medidas provisórias pelo Congresso. 

Entre os demais requerimentos, há ainda pedidos de convocação do ex-ministro da Fazenda Guido Mantega, do atual titular da pasta, Nelson Barbosa, além do próprio Mauro Marcondes. (Veja.com).

Nenhum comentário: