sábado, 5 de março de 2016

O ódio ao vivo e a cores


Um comentário:

Anônimo disse...

A cara personificada da mentira, arrogância, prepotência.
A cara de quem fez, organizou e diz não saber de nada.
A cara de um homem que não merece ser chamado de brasileiro.