sábado, 23 de abril de 2016

Dilma cai no ridículo em Nova Iorque. Vergonha para o Brasil.

Dilma não merece voltar ao país, que envergonha cada dia mais. Que peça asilo em alguma republiqueta bolivariana. De fato, Nova Iorque não caiu no golpe:

Depois de se acovardar na ONU, Dilma Rousseff se desmoralizou ainda mais.
O New York Times fez um relato de sua entrevista coletiva na casa de Antonio Patriota, durante a qual ela denunciou o golpe de Estado em curso no Brasil.
O assunto é tratado em um parágrafo.
Nos parágrafos seguintes, a reportagem desmontou os argumentos de Dilma Rousseff, citando Michel Temer, José Carlos Aleluia, José Antonio Dias Toffoli e até um editorial da Folha de S. Paulo.
O New York Times encerra sua matéria com as palavras do ex-embaixador americano no Brasil, Melvyn Levitsky:
“O Congresso está agindo de acordo com a Lei, portanto isso não pode ser considerado um golpe. Trata-se de uma crise gerada no Brasil pelos próprios brasileiros. A esta altura, duvido que a solidariedade internacional possa ajudá-la de alguma maneira." (O Antagonista).

Nenhum comentário: