quarta-feira, 6 de abril de 2016

Relator diz a deputados que parecer será favorável ao impeachment. É o que o Brasil espera.

Agora, é só esperar a escória governista recorrer ao STF para ver no que dá. Apenas observo que a tal da "judicialização" da política, no Brasil, ocorre em função do corrupto governo petista, que tudo espera de instâncias outras:

O relator da Comissão Especial que analisa o processo de impeachment contra a presidente da República, Jovair Arantes (PTB-GO), disse a deputados de sua bancada que apresentará logo mais parecer favorável ao pedido de impedimento de Dilma Rousseff, segundo apurou o Broadcast, serviço de informações da Agência Estado, com parlamentares presentes na reunião. A sessão da comissão especial para a leitura do documento deve começar na tarde desta quarta-feira, 6.

Arantes estava reunido no início da tarde com deputados de seu partido, mas negou, mais cedo, que o encontro fosse para antecipar o teor do parecer final. Ele afirmou não temer risco de judicialização por se reunir, a portas fechadas, com os deputados da legenda. "Esta é uma reunião de obrigação minha, vou falar sobre as questões gerais, estou há duas semanas sem reunir a bancada", disse. "Reunião a portas fechadas com a minha bancada vai gerar judicialização de quê?", questionou Arantes, alegando estar no cumprimento do "livre exercício" de sua função de deputado.
Jovair Arantes disse ainda ter escrito cerca de 45 páginas a mais em seu relatório, que agora tem aproximadamente 135 páginas. (Estadão).

Nenhum comentário: