domingo, 1 de maio de 2016

Fenaj usa o 1º de Maio para atacar a imprensa, falar de "golpe" e fazer uma defesa esfarrapada de Dilma.

A Federação Nacional dos Jornalistas foi tomada por petistas desde que Lula chegou ao poder, transformando-se, posteriormente, num reduto do Psol. Não perde oportunidade para demonstrar sua sujeição ao governo - e é o que faz neste Primeiro de Maio.

Na nota chapa-branca, a burocracia da Fenaj conclama à resistência contra o "golpe", ataca os empresários e fala na milésima "crise do capitalismo". Agora vai.

Reproduzo apenas o trecho final da vergonhosa nota de cunho bolivariano: 


"Contra o golpe e em defesa da democracia e dos direitos dos trabalhadores, a FENAJ orienta os jornalistas brasileiros e suas entidades a participarem das atividades programadas pela Frente Brasil Popular e pela Frente Brasil Sem Medo para este 1º de Maio, Dia Internacional dos Trabalhadores.

Continuemos firmes na luta para defender a democracia no Jornalismo, na Comunicação, no Brasil!"

3 comentários:

Anônimo disse...

Os 'grandes' jornais e portais de informação devem morrer. São apenas veículos para estes ratos espalharem sua sujeira. Faz 8 anos que não abro nada da 'grande' mídia, incluindo telejornais, aliás faz 10 anos que não assisto TV, sequer filmes que não passam de veículos de propaganda. Esta FENAJ como todos os sindicatos do Brasil são lacaios do PT e de seus adjacentes esquerdistas (PSOL, PSTU, PCO, PCdoB, PSB, PDT e etc.).

Alexandre Sampaio disse...

São Paulo, 02 de maio de 2.016

Prezado Sr. Tambosi,

Essa nota ridícula emitida pela FENAJ (Federação Nacional dos Jumentos), é prova cabal da tomada da imprensa, pelos comunistas, desde o final dos anos cinqüenta. Realizar a faxina, ou um grande expurgo, nessa área, não será tarefa fácil. A doutrinação comunista inicia-se desde tenra idade, intensificando-se quando o sujeito é aprovado e inicia o curso superior. A melhor forma de combater essa maldição é boicotando sistematicamente quaisquer meios de comunicação que alinhe-sem e propaguem essa ideologia maldita e assassina. Ou o Brasil acaba com o comunismo, ou o comunismo acaba com o Brasil.

Anônimo disse...

Ô meu! Tenho mais a fazer do que ler nota vergonhosa de pelego analfabeto (e já saudoso dos pixulecos).