quinta-feira, 5 de maio de 2016

Petistas pedirão anulação da sessão da Câmara que aprovou impeachment. Eis os golpistas.

Maria do Rosário, o Stálin de saias.
O pedido é encabeçado por Maria do Rosário, a deputada gaúcha que jamais sorri, e Paulo Pimenta, outro gaúcho da fronteira (ah, esses fronteiriços). Vou apenas dar gargalhadas porque, se tramoia havia para jogar no lixo o impeachment, ela foi desfeita nesta madrugada: o STF não vai entrar nessa jogada suja:

Os deputados petistas Maria do Rosário (RS) e Paulo Pimenta (RS) anunciaram nesta quinta-feira, 5,  que pedirão ao Supremo Tribunal Federal (STF) a nulidade da sessão da Câmara que aprovou a continuidade do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, agora em tramitação no Senado. Os parlamentares argumentam que o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), afastado do cargo pelo ministro do Supremo Teori Zavascki, não tinha legitimidade para comandar a sessão que aprovou o impeachment.

"Se Cunha não pode presidir a Câmara, como poderia presidir a sessão do golpe? Agora é fora Cunha e também fora (Michel) Temer. A sessão foi comandada por um corrupto afastado dias depois. O Supremo precisa esclarecer essa questão. Que bom que o Supremo afastou Cunha. Que pena que não fez antes", afirmou Maria do Rosário, ao chegar ao gabinete do presidente em exercício da Câmara, Waldir Maranhão (PP-MA), onde estavam reunidos vários deputados governistas. "Vamos pedir a nulidade (da sessão que aprovou o impeachment na Câmara). Vamos para cima do Senado e anular esse processo. Todos sabem que Cunha é o grande artífice do golpe e Temer é fantoche de Cunha", afirmou Pimenta.
s deputados fizeram um apelo para que Maranhão, que havia encerrado a sessão da Câmara, reabrisse os trabalhos no plenário ainda nesta quinta-feira. Nova sessão será aberta às 14 horas, para debates, segundo os deputados que estiveram com Maranhão. 

5 comentários:

Anônimo disse...

Olha, tem grandes chances desse stf do pt concordar com essa tese!!

Italo Bertoldi disse...

Orlando, quando vejo e ouço essas deputadas e senadoras do PT, do PcdoB e do PSOL, todas, raivosas, arrogantes, com ares ditatoriais,
imagino como seria viver com elas. Seria um inferno. Cá com meus botões acho que são assim, em parte, por serem mal amadas.

Anônimo disse...

Caro Aluizio,

está mais do que na hora do Brasil inteiro pedir o afastamento de José Eduardo Cardoso, ser nefasto, petralha-comuno-bolivariano-que-faz-discurso-no-Foro-de-São-Paulo.

O pedido seria feito com base no "desvio de finalidade das ações".

O feitiço precisa virar contra esse feiticeiro maldito, que posa de galã de filme de quinta categoria!

E aí oposição? Alguém aí teria a coragem de entrar com o pedido ou simplesmente esperamos a saída da Dna Dilma?

Flor Lilás

Anônimo disse...

Maria do Rosário, o Stálin do grelo duro.

Anônimo disse...

Caro Tambosi,

perdoe-me a confusão.
Havia acabado de ler algo no blog do Aluizio Amorim e acabei me dirigindo a ele...

Abraço fraterno,

Flor Lilás