terça-feira, 31 de maio de 2016

Zelotes chega aos banqueiros: Trabuco, do Bradesco, é o primeiro.

Luiz Carlos Trabuco: trabuco apontado para o contribuinte.
A operação Zelotes chega aos banqueiros, começando pelo presidente do Bradesco, Luiz Carlos Trabuco, que já foi cogitado, anos atrás, para um ministério do lulopetismo. Imagine-se quando alguma operação chegar aos bancos oficiais, comandados por militantes petistas:


A PF indiciou o presidente do Bradesco, Luiz Carlos Trabuco, e dois executivos do banco no inquérito da Operação Zelotes que investiga compra de decisões no Carf (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais). As investigações mostraram que o grupo investigado por corromper integrantes do Carf conversou com executivos do banco a respeito de um “contrato” para anular um débito de R$ 3 bi com a Receita Federal.

A PF já havia apontado em relatório que Trabuco e os outros dois executivos da instituição financeira se encontraram com emissários da organização criminosa para discutir como seria a atuação no órgão. A PF também indiciou o auditor da Receita Federal Eduardo Cerqueira Leite, que teria articulado a reunião entre os integrantes do esquema e o comando do banco. No total, foram pedidos dez indiciamentos.

A conclusão do inquérito relativo ao Bradesco já foi encaminhado pela PF ao Ministério Público Federal, que pode ou não apresentar denúncia à Justiça Federal.

Os indiciamentos são pelos crimes de tráfico de influência, corrupção ativa e passiva, organização criminosa e lavagem de dinheiro.

A Coluna do Estadão não conseguiu confirmar quais desses crimes são imputados a Trabuco. O Ministério Público confirmou que recebeu da PF os indiciamentos.

Procurado, o Bradesco disse que irá se manifestar ainda hoje sobre a conclusão do inquérito. (Estadão).

4 comentários:

Anônimo disse...

Orlando,

O Brasil precisa ser passado a limpo, doe a quem doer.

Índio Tonto/SP

filipe fernandes disse...

O primeiro banqueiro a ser indiciado foi o Safra

Anônimo disse...

Artur Nogueira diz:
Já comentamos aqui antes. É o compadrio, o capitalismo de laços, o eterno patrimonialismo e corporativismo.Partidos políticos, instituições públicas, empresas públicas e privadas, Universidades públicas e privadas, etc, todos golpeando o país, sugando seu patrimônio moral, seja lá em nome de uma ideologia ou em nome de suas próprias causas
Lendo o artigo do juiz Sérgio Moro hoje no Estadão-"A Justiça e os decaídos", fiquei pensando aqui: até quando esse nosso povo aparvalhado, perplexo, totalmente aturdido diante de tanta imoralidade e amoralidade, assistirá, passivamente, a destruição da economia, a lesão aos cofres públicos?? Até quando suportará as condições miseráveis em que vivem, sem emprego, sem segurança, sem educação decente, sem saúde digna-, vendo ainda toda a destruição dos valores morais e cívicos dessa nação??.

Anônimo disse...

OFF TOPIC - IMPORTANTE!!!!

Prezados Leitores de O. Tambosi:

Pelo Mapa do Impeachmento (Vem pra Rua) de hoje, temos SOMENTE 44 Votos de Senadores A FAVOR DO IMPEACHMENT. É bom escrever-lhes para agradecer-lhes pelo voto e para que não mudem de idéia, são eles:

acir@senador.leg.br; aecio.neves@senador.leg.br; aloysionunes.ferreira@senador.leg.br; alvarodias@senador.leg.br; ana.amelia@senadora.leg.br; antonio.anastasia@senador.leg.br; antoniocarlosvaladares@senador.leg.br; ataides.oliveira@senador.leg.br; blairomaggi@senador.leg.br; cassio.cunha.lima@senador.leg.br; ciro.nogueira@senador.leg.br; dalirio.beber@senador.leg.br; dario.berger@senador.leg.br; davi.alcolumbre@senador.leg.br; eduardo.amorim@senador.leg.br; fernandobezerracoelho@senador.leg.br; flexa.ribeiro@senador.leg.br; garibaldi.alves@senador.leg.br; gladson.cameli@senador.leg.br; ivo.cassol@senador.leg.br; jose.agripino@senador.leg.br; jose.maranhao@senador.leg.br; josemedeiros@senador.leg.br; jose.serra@senador.leg.br; lasier.martins@senador.leg.br; lucia.vania@senadora.leg.br; magno.malta@senador.leg.br; marcelo.crivella@senador.leg.br; marta.suplicy@senadora.leg.br; omar.aziz@senador.leg.br; paulo.bauer@senador.leg.br; reguffe@senador.leg.br; ricardo.ferraco@senador.leg.br; ricardo.franco@senador.leg.br; romero.juca@senador.leg.br; ronaldo.caiado@senador.leg.br; rose.freitas@senadora.leg.br; sergio.petecao@senador.leg.br; simone.tebet@senadora.leg.br; tasso.jereissati@senador.leg.br; valdir.raupp@senador.leg.br; waldemir.moka@senador.leg.br; wilder.morais@senador.leg.br; zeze.perrella@senador.leg.br

Precisamos convencer os INDECISOS a VOTAR A FAVOR DO IMPEACHMENT:

benedito.lira@senador.leg.br; cristovam.buarque@senador.leg.br; elmano.ferrer@senador.leg.br; eunicio.oliveira@senador.leg.br; fernando.collor@senador.leg.br; heliojose@senador.leg.br; joao.alberto.souza@senador.leg.br; raimundo.lira@senador.leg.br; robertorocha@senador.leg.br; romario@senador.leg.br; sandrabraga@senadora.leg.br; vicentinho.alves@senador.leg.br; pinheiro@senador.leg.br

Precisamos fazer com que os CONTRÁRIOS também mudem de idéia. Da listinha abaixo, estão excluídos os petralhas, posto que estes não mudam de idéia de forma alguma!

benedito.lira@senador.leg.br; cristovam.buarque@senador.leg.br; elmano.ferrer@senador.leg.br; eunicio.oliveira@senador.leg.br; fernando.collor@senador.leg.br; heliojose@senador.leg.br; joao.alberto.souza@senador.leg.br; raimundo.lira@senador.leg.br; robertorocha@senador.leg.br; romario@senador.leg.br; sandrabraga@senadora.leg.br; vicentinho.alves@senador.leg.br; pinheiro@senador.leg.br

Agradeço a colaboração de todos!



Chris/SP