terça-feira, 28 de junho de 2016

A democracia e seus inimigos

Trecho do artigo "A democracia, crise ou metamorfose", publicado no Observador por José Condes Rodrigues:


(...) Tenhamos, pois, a coragem de assumir, embora possa ser politicamente incorreto, que quem acaba por promover a crise das democracias, são aqueles que exigem dela o que ela não é nem pode garantir com eficácia. São os habituais críticos da qualidade da democracia que se transformam nos seus coveiros (como, ironicamente, Marx dizia dos capitalistas). São aqueles que gritam por mais democracia que abrem as portas da ditadura e do autoritarismo, como se assistiu nos anos trinta do século passado. Curiosamente, são também os mesmos que se calam, quando deviam defender a liberdade ou os outros direitos humanos, sempre que estes são postos em causa em países que se dizem grandes democracias (como Cuba, Coreia do Norte, Venezuela, Rússia ou Turquia). (Íntegra).

Nenhum comentário: