sábado, 18 de junho de 2016

Que a Lava Jato dure o quanto for necessário. Ou seja, até o fim da roubalheira.

Bom o Estadão ter puxado - muito de leve, aliás - a orelha do ministro da Casa Civil Eliseu Padilha por ter dito que a Lava Jato deveria caminhar para a "definição final". Segue trecho do editorial:

É esse o círculo – virtuoso para seus usufrutuários criminosos – que está a caminho de ser rompido. Faz sentido que os políticos queiram “concluir” a Lava Jato antes que toda a verdade seja conhecida. Do ponto de vista da sociedade, porém, está mais do que claro que a Lava Jato deve durar o tempo que for necessário, até que todos os que exploraram a democracia para se locupletar paguem pelo que fizeram.

Nenhum comentário: