segunda-feira, 13 de junho de 2016

Teori devolve Lula a Moro, mas...

...anula as escutas telefônicas de Lula e Dilma, gravadas em março. Bene, pelo menos reconheceu, enfim, que o tiranete de São Bernardo não tem foro privilegiado. Dilma pode ter apreciado a decisão, mas Lula deve ficar ainda mais preocupado:

O ministro do Supremo Tribunal Federal Teori Zavascki, relator da Lava Jato na Corte determinou nesta segunda-feira, 13, a remessa das investigações envolvendo o ex-presidente Lula para o juiz Sérgio Moro, responsável pela Lava Jato em primeira instância, em Curitiba. Na decisão, o ministro ainda anulou as escutas do ex-presidente em diálogo telefônico com Dilma Rousseff em março deste ano e apontou que Moro usurpou a competência do STF ao autorizar os grampos que pegaram a presidente.
O ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu encaminhar nesta segunda-feira, 13, todas as investigações envolvendo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para o juiz Sérgio Moro, da 13{ Vara federal de Curitiba.
Dilma foi captada em uma conversa com o ex-presidente em que o avisa sobre o envio de um documento de posse do ex-presidente como ministro da Casa Civil. Por uma decisão de Moro, os áudios foram tornados públicos, aumentando ainda mais a crise vivida pelo governo Dilma. Como consequência, o ministro Gilmar Mendes, do STF, acolheu um pedido para barrar a posse de Lula na Casa Civil.
Entre as investigações que devem voltar para Moro estão a que envolve se Lula é ou não dono de um sítio em Atibaia e a sobre de um triplex em Guarujá, ambos imóveis que receberam reformas custeadas por empreiteiras investigadas na Lava Jato. Com isso, as investigações voltam para o juiz da Lava Jato que, no dia quatro de março determinou a condução coercitiva de Lula, quando o investigado levado a depor pela Polícia Federal, para explicar as suspeitas envolvendo os dois casos polêmicos.
As investigações que envolvem Lula e a presidente afastada Dilma Rousseff por suspeita de obstrução à Justiça permanecem no Supremo, porque a petista ainda detém foro enquanto é julgada no processo de impeachment em trâmite no Senado.
Sobre as escutas, Teori afirma que o juiz de Curitiba usurpou a competência do STF ao divulgar e fazer gravações de pessoas que detinham foro privilegiado. O ministro do Supremo também diz que a nulidade da prova colhida deve ser penas das escutas telefônicas captadas após a decisão que determinou o encerramento da interceptação, em 16 de março.
A decisão de remeter as investigações contra Lula para Moro acata em parte a manifestação do procurador-geral da República Rodrigo Janot, que solicitou à Corte a remessa dos autos das investigações envolvendo o petista para a primeira instância, já que ele não tem foro privilegiado.
Diálogo. No diálogo interceptado no dia 16 de março, pouco tempo após a decisão de Moro suspendendo as escutas nos telefones do ex-presidente Lula, o petista recebe um telefonema da Presidência da República, na época ainda ocupada por Dilma.  Para o juiz da Lava Jato, os diálogos sugerem tentativa de influenciar no andamento das investigações da operação. (Estadã0).

4 comentários:

Anônimo disse...

Este blog, fez a denúncia, o STF não teve condições de segurar, a pressão tem de vir mesmo, do povo está provado, parabéns.

Anônimo disse...

Teori mandou Lula para Moro MAS ESVAZIOU a possibilidade dele ser preso!!! Lula JAMAIS SERÁ PRESO, pois o STF mudará o entendimento sobre a possibilidade de cumprimento da pena após condenação em 2ª instância!!! Essa mudança se dará POR EXIGÊNCIA DE LULA, que de outro modo poderá ser preso antes de 2018!!! Caso Lula seja candidato em 2018, será imbatível, A NÃO SER QUE DILMA VOLTE A DESGOVERNAR O PAÍS EM SETEMBRO!!! Se Dilma voltar, acaba com as chances de Lula para 2018!!!!

Anônimo disse...

Quem se importa que o Min. Teori excluiu a prova da interceptação telefônica entre Lula e Dilma. O inquérito lá no STF segue.

Com o Juiz Sergio Moro ficamos sabendo do plano da dupla safada. É isto que importa.

Ledo engano quem pensa que o Juiz Sergio Moro não possa finalmente botar as mãos em Lula. Ele tem encontro marcado lá na República de Curitiba.

Lula acabou!!!!


Chris/SP

Anônimo disse...

Acabou o que jamais deveria ter começado: lullalau.