segunda-feira, 11 de julho de 2016

Ah, como o socialismo é pacífico!

O nanico ditador da Coreia do Norte, Kim Jon-Il, está bravateando novamente contra o mundo civilizado. Isto é o socialismo (ah, podem chamar de comunismo também, porque é tudo a mesma merda):


A Coreia do Norte ameaçou esta segunda-feira levar a cabo uma “ação física” contra o sistema antimíssil THAAD, dos Estados Unidos da América, que deverá ser instalado na Coreia do Sul.

“A República Popular Democrática da Coreia [nome oficial da Coreia do Norte] levará a cabo uma ação física para controlar totalmente o THAAD”, assim que “a sua posição na Coreia do Sul seja confirmada”, anunciou o comando de artilharia das forças armadas norte-coreanas, num comunicado citado pela agência de notícias oficial KCNA.

No mesmo comunicado é apontado que as forças armadas norte-coreanas têm “os meios ofensivos mais recentes” e que irá tomar “medidas correspondentes, impiedosas e poderosas, contra os Estados Unidos, dedicados a acender uma guerra com a implementação da THAAD”.

Refere igualmente que avisou a Coreia do Sul para uma “miserável autodestruição”, como consequência da introdução do Terminal de Defesa Aérea de Alta Altitude (THAAD, na sigla em inglês).

Na sexta-feira, os Estados Unidos e a Coreia do Sul anunciaram que iriam implementar o sistema de defesa antimíssil no sul, em data e local ainda a decidir. (Observador).

Nenhum comentário: