terça-feira, 5 de julho de 2016

Marilena, a doida da USP, ataca a Lava-Jato e diz que Moro é cria do FBI.

Alguém precisa internar a filósofa da corte petista Marilena Chaui para tratamento prolongado. Ela já não diz coisa com coisa, mas não cessa de discursar, sempre em favor de Lula, aquele que a ilumina, e do partido dos corruptos. Diante de tanta marilenada, saquinho, por favor:


Em vídeo divulgado no domingo, Marilena Chauí descreve a Lava Jato como uma grande conspiração armada pelas "seis irmãs do petróleo", e pelo governo americano por meio do FBI. O objetivo dela não seria a moralização da Petrobras, mas a tomada do Pré-Sal. Para ela, a operação é o "prelúdio da grande sinfonia de destruição da soberania brasileira para o século XXI e XXII".

Sobre Sérgio Moro, o acusou de receber treinamento do FBI: "Ele recebeu um treinamento que é característico do que o FBI fez durante o Macartismo e fez depois de 11 de setembro, que é a intimidação e a delação".

A filosofa petista Marilena Chauí estreou no mundo intelectual sendo acusada pelo grande José Guilherme Merquior de plagiar o seu colega francês Claude Lefort. Ela encerra seus dias plagiando as ideias de Sibá Machado, o desvairado ex-líder do PT na Câmara que vê conspirações ianques e agentes da CIA até debaixo da cama. Ou seria Sibá Machado que incorporou Marilena Chauí? (Veja o vídeo no Sulconnection).

4 comentários:

danir disse...

Enquanto isto, o R.A, aproveitando o fato, escreve um artigo onde aparentemente está criticando a "filósofa", quando na verdade está usando como pretexto para compárá-la com o Olavo de Carvalho. Citar o Olavo como antípoda da "filosofa" e afirmar que os dois tem o mesmo baixo nível intelectual, só pode ser ofensa ao Olavo. Sem contar que a importãncia do Olavo é mil vezes maior do que a da "filósofa". Usar uma nulidade para atingir quem tem importância e uma bagagem real para apresentar, é um estratagema que é muito usado pelas esquerdas. Quanto à Marilena, é de dar pena. Só não se pode ignorá-la porque ainda pode influenciar cabeças desorientadas e portanto é importante desmascará-la, mesmo que pareça uma crueldade com uma pessoa incapaz.

Anônimo disse...

Sobre o comentário do Danir, parei de ler o R.A. quando ele atacou o juiz Sérgio Moro e a Lava Jato na prisão de Marcelo Odebrecht, naquele momento ficou claro quem era Reinaldo Azevedo e para quem ele trabalha. Reinaldo é pena de aluguel do PSDB. Qualquer coisa que se mostre uma ameaça ao partido vira alvo de R.A.

Michel

O MESMO de SEMPRE disse...

O direito à vida é a origem de todos os demais direitos.
Pois que a PROIBIÇÃO (PROIBE AÇÃO) que o direito de um determina a todos os demais faz surgir a idéia de LIBERDADE IGUAL PARA TODOS.

Ou seja, se o direito à vida for tomado como uma idéia positiva, de obrigação (obriga ação), se estabelecerá o ABSURDO:
- qual seria o tempo de vida que todos os demais deveria fornecer uns aos outros?
- a recusa em prover a vida alheia daria direito a que se tirasse a vida dos divergentes? nesse caso a inércia, diga-se inocência, faria o indivíduo perder seu direito à vida?

Ou seja pela idéia estúpida do DIREITO POSITIVO o direito de ir e vir teria que ser garantido pelos demais. Logo um tetraplégico teria escravos para carrega-lo onde desejasse?

É absurdo que um indivíduo que se recusasse a prover a vida alheia perdesse o direito à sua própria vida (seria coagido e até assassinado em caso de recusa).
Isso não faz sentido, pois que contraditório.

A JUSTIÇA é EQUIDADE, ou RECIPROCIDADE. Logo um inocente não pode ter seu direito violado. Somente quem VIOLA o DIREITO ALHEIO pode ter o seu direito violado, isso é EQUIDADE, RECIPROCIDADE.

OS tais conservadores querem o "direito" positivo, pois que pretendem IMPOR suas MANIAS IDEOLÓGICAS a TODOS. Afinal, conforme a ideologia cristã - que conduzirá ao paraíso celestial, ou Paraíso na Terra mesmo, sob governo do Cristo por mil anos e demais besteirol ideológico conforme as várias "interpretações" bíblicas - peca-se por omissão.

Assim, esta ideologia nefasta e funesta, inventada para dar suporte ao Poder governante Império Romano em sua decadência, exige que "se faça o bem". Com esse POSITIVISMO os governantes romanos exigiam impostos dos RICOS AVARENTOS e GANÂNCIOSOS (pecadores e malvados), captando simpatia dos pobres ao incensa-los como superiores aos malvados que não gostabvam de impostos. Foi essa ideologia à lá SUN TZU que jogou POBRES BONS x RICOS MAUS. Com isso a idéia de punição aos que não praticam o bem, nem a caridade e nem gostam de pagar impostos. Ou seja:

IMPOR o BEM ATRAVÉS do MAL e do MAU.

Quando apenas se deveria COMBATER o MAL com o MAL.

Eis a diferença do Direito para o POSITIVISMO IDEOLÓGICO apelidado de "direito positivo".

Com a derrocada do Socialismo se esta VOLTANDO aos CONFLITOS entre IDEOLOGIAS FARISAICAS (o Islã é tão do amor quanto o cristianismo) a fim de MANTER o PODER ESTATAL.

Os tais conservadores só acordaram quando as idéias liberais começaram a fazer sucesso. Então simplesmente passaram a combate-las com sua IDEOLOGIA FARISAICA que promete o PARAÍSO aos fiéis e obedientes.

César de Castro Silva disse...

Tenho pena dos alunos dessa "professora".