segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

De uma desgraça a outra: vice de Renan é do partido totalitário.

Bene, Renan Calheiros, deposto a presidência pelo STF, pode entrar com agravo regimental para que o plenário do Supremo se manifeste.

Enquanto isso, quem assume é o senador Jorge Viana, o vice de Renan. Lamentavelmente, um petista de carteirinha. Trocando em miúdos: saímos do esgoto para cair na pocilga.

Pobre Brasil.

4 comentários:

Anônimo disse...

E com isso, Toffoli, que fez pedido de vista do processo contra Renan, ficou pendurado na broxa, posto que MAM o atropelou sem dó nem piedade!! Tudo isso parece briga de foice no escuro!! Só não sei, ainda, onde isso vai dar!! Só sei que somos nós, o poveco, que pagará o duck!!!

Anônimo disse...

Tucanaldo Azevedo, o nosso Analista Político de Bagé, ou melhor, de "Dois Córgos" está em prantos, batendo os pezinhos e xingando os comedores de alfafa, ou seja, nós que saímos ás ruas pedindo '"Fora Renan"!

Ainda bem que ele é, segundo o Barbosa, "um "idiota inconsciente da própria irrelevância"!

Pedro Costa disse...

Viva Reinaldo.

Anônimo disse...

"Viva Reinaldo", senão os "reinaldetes" vão virar viuvinhas de um tucano abestado!