domingo, 12 de fevereiro de 2017

A utopia da "Europa"

Do Diário de Vasco Pulido Valente, no Observador:


A “Europa” foi uma utopia que, como o nome indica, não tinha lugar no mundo real. Neste momento, em que ela não passa de uma ruína, ou do anúncio de uma ruína, e em que a fragilidade dos seus fundamentos é pública e notória, convinha perceber o que sucedeu e não perder tempo com gestos vazios para prolongar uma vida condenada, a benefício dos pobrezinhos que se tomam pelo que não são. (Íntegra).

Nenhum comentário: