segunda-feira, 13 de março de 2017

Dilma assassinando o francês


Como bem observou Augusto Nunes, "depois do português e do espanhol, Dilma assassina o francês". A desgraça aconteceu em Genebra, Suiça.

7 comentários:

Vajra Prema disse...

Esta é uma desgraça planetária! #DilmaPresaJá

Anônimo disse...

Depois de assassinar quem? Seria aquele soldadinho de 19 anos, lá no final dos sessenta... Ah, sei!! É só o francês!! Então tá!!! Que susto!!!

Paulo Robson Ferreira disse...

Senti vergonha. Não consegui ver o vídeo de uma ex-presidente do nosso país a dizer tanta estupidez numa língua que ela pensa que conhece.

Anônimo disse...

Pois é, esse é o nível dos governantes de Pindorama. O mundo ri e faz piadas deles. Foi assim com Lula, não é diferente com Dilma e outros.

Índio/SP

Anônimo disse...

Ô muié intelijenti, sô; Dilma é groria do Brasil, precisa saber qual país tem uma muié çábia desse jeito.
Além das suas atribuições sientýficas, foi guerrilheira e, como pode sair uma peçoa dessa dos campos de lutas e se tornar uma prizidente e a melhor atriz do Brasil, comprovando:
Nunca varri sujeira para debaixo do tapete, nunca se combateu tanto a corrupção (ambos, de menos do PT) como em meu governo...
É mentira, Terta?
Nãããããããããõoo!

molleri disse...

C`est une Ante!

Paulo disse...

Bom, vamos combinar: 90 por cento dos que votaram nesta coisa aí nem sabem onde fica a França. E só sabem que este país existe porque assistiram jogo de futebol onde ela aparecia jogando senão nem isso...