quinta-feira, 11 de maio de 2017

A insana briga de Lula contra os fatos

Quanto mais fala, mais Lula se enrola em contradições. Mentir dá nisso. A propósito, segue texto de Merval Pereira (O Globo):


As explicações do ex-presidente Lula sobre o tríplex do Guarujá não batem com os fatos nem com sua própria narrativa, pois não é concebível que ele tenha tratado do assunto em 2005 e só depois, em 2014, o tenha recusado, enquanto dona Marisa e seu filho combinavam com o presidente da OAS as obras que seriam feitas, inclusive a colocação de um elevador devido à reclamação do próprio Lula sobre a escada estreita, que ele reafirmou ontem no depoimento.

A coincidência das cozinhas iguais no tríplex e no sítio de Atibaia também fica entre as coisas inexplicáveis que rondam as propriedades que Lula diz não serem dele. O impressionante é como Dona Marisa tinha capacidade de decisão sem nem mesmo consultar o marido, até em casos como o terreno do Instituto Lula.

O amigo do ex-presidente José Carlos Bumlai disse ao juiz Sérgio Moro, em outro processo, que foi dona Marisa quem insistiu para que aquele terreno fosse comprado, para uma nova sede do Instituto. Bumlai chegou a conversar com Marcelo Odebrecht para o financiamento do terreno, já que ele não tinha dinheiro para compra-lo, e aí as narrativas se completam.

O ex-presidente da empreiteira havia declarado que, a pedido, havia comprado o terreno com o dinheiro do fundo que mantinha para o PT no departamento que cuidava da distribuição de propinas. E que quando o terreno foi recusado, por não se prestar ao monumento que pretendiam erguer na nova sede do Instituto, a Odebrecht revendeu-o e devolveu a verba para o fundo de propinas do PT.

O arquiteto que foi contratado para fazer um monumento no novo terreno disse que quando foi visita-lo, acompanhado da assessora de Lula Clara Ant, cruzou com o ex-presidente que chegava num carro com dona Marisa. Sua opinião foi decisiva para que o terreno não fosse usado para a sede do novo Instituto. Todas as histórias batem.

Sim, Lula teve diversas conversas sobre o tríplex com Leo Pinheiro, mas nunca lhe sugeriu que destruísse provas. Sim, Lula visitou o tríplex em companhia do presidente da OAS, mas nunca pediu para que fosse reformado. Dona Marisa não gosta de praia, Lula não poderia sair de casa a não ser numa quarta-feira de cinzas chuvosa, mas no entanto compraram um apartamento na praia de Guarujá. Provavelmente para negócios dela, segundo Lula.

Sim, o apartamento comum passou a ser um triplex, mas Dona Marisa nunca lhe disse que mandara fazer reformas. Sim, encontraram um documento rasurado sobre o tríplex em questão em sua casa em São Bernardo do Campo, mas ele não sabe que documento é aquele, e não está assinado, não tem valor. Quase insinuou que o documento foi “plantado” pelos policiais que foram lhe buscar numa condução coercitiva. Refreou-se a tempo, mas deixou no ar a dúvida.

Por falar nisso, a politização do depoimento de Lula ao Juiz Sérgio Moro só confirma que uma convocação com antecedência de Lula para depoimento na Operação Lava-Jato teria provocado uma mobilização dos militantes petistas que dificultaria muito uma audiência normal.

Lula, que começou o depoimento muito nervoso, como é natural, foi se soltando à medida que a audiência se processava em um ambiente tranquilo e chegou mesmo a anunciar que é candidato à presidência da República em 2018. Mas não conseguiu desmentir peremptoriamente que ameaçara os policiais dizendo que voltaria à presidência e se lembraria da cara de cada um deles. Lula, como sempre, disse que não se lembrava de ter feito tal afirmativa, uma ameaça clara, típica de quem confunde o público com o privado.

O depoimento acabou em anticlímax, pois até mesmo a militância petista esteve presente em menor número do que o anunciado. E nem Moro nem Lula rosnaram um para o outro. Ambos se colocaram em seus devidos lugares: Lula, o réu, respondendo respeitosamente e tendo ambiente para fazer até certas ironias sobre a insistência dos vendedores, como se Leo Pinheiro fosse um mero vendedor da OAS, ou sobre a independência das mulheres, uma tese que vem sendo desenvolvida cuidadosamente nos últimos dias.

A falecida Dona Marisa, nos últimos depoimentos, ganhou uma dimensão nova em todas as situações que estão sendo questionadas pela Justiça, e ainda não houve o depoimento sobre o sítio de Atibaia.

6 comentários:

AHT disse...

Ontem, 10/maio/2017, depois que assisti a audiência do Lula com o Juiz Moro, e o comício feito pelo Lula em Curitiba, pensei com os meus botões... “E agora, o que nos aguarda em um futuro próximo?”

Analisando o evento de ontem, preocupado, assim eu resumo:

1. Os lulistas, no máximo formando 30 % do eleitorado, ficaram aliviados e felizes com o “desempenho” do Lula frente ao Juiz Moro. Afinal, cada um vê e ouve o que melhor e idealmente lhe parece...

2. Os anti-lulistas, digamos 40 % do eleitorado, continuam tensos e preocupados: se Lula voltar à Presidência da República, desta vez eLLes conseguirão transformar o Brasil em uma área contígua à Venezuela?

3. Os que “não fedem e nem cheiram”, ou “tanto faz tanto fez”, os “pra onde a vaca vai o boi vai atrás” - seguramente, esses formam 30 % do eleitorado.

4. Os brasileiros honestos, de Pedro Malasartes não têm nada, mas sabem que nos quesitos de Malasartes o Lula é Hors Concours.

5. Com absoluta certeza, se o Pedro Malasartes saísse do livro para o Brasil real, em pleno século 21, em seguidinha voltaria para o livro e morrendo de vergonha ao ser comparado com LULA, um ser real e, por excelência, um burlão invencível, astucioso, cínico, inesgotável de expedientes e de enganos, sem escrúpulos e sem remorsos; enfim, um psicopata.

Concluindo, os eleitores lulistas + eleitores “não fedem e nem cheiram” formam, seguramente, acima de 50 % e no máximo 60 % do eleitorado brasileiro; portanto, se o Lula não estiver julgado e condenado na 2a. Instância da Justiça Federal antes das eleições de 2018...

Vajra Prema disse...

BOMBA! LULA ACUSOU LAVA JATO DE PLANTAR PROVAS: CALÚNIA CONTRA A PF
Veja o recibo que Moro mostrou a ele:
Acesse e confira https://br.noticias.yahoo.com/lula-acusou-pf-de-plantar-provas-em-seu-apartamento-vai-dar-m-135952149.html

Anônimo disse...

É o que dá casar com uma mulher empreendedora,astuta,independente,dona de uma conta bancária de fazer inveja a qualquer um!!!!Muito de saída,resolvia todos os problemas domésticos e também do seu marido!Casal 20!!Deve estar se revirando no túmulo a medida que os fatos vão se desenrolando!!!Me lembro muito bem de uma reportagem que li sobre ela!Ia cortar uma fita num estaleiro pra inaugurar,batizar,se não me engano um navio,sei lá!!!Uma coisa assim!Fiquei pasmo com a desenvoltura dela!!!Quase que não conseguiu cortar a fita!!!De tão tímida!!!!Melhor Lula, arranjar outro bode expiatório!Não vai colar!Deixe Marisa descansar em paz!!!Honre as calças que veste!!!!

Anônimo disse...

O Lula é tão rabudo, que a morte repentina da Marisa o ajuda em muito nesses casos do triplex e do sítio: ele e seus advogados conseguiram arquitetar um script sensacional!
Se Marisa não tivesse morrido, com certeza ele já teria ido pro brejo nesse processo do triplex "minha casa minha vida", que tanto ele enfatizou e, portanto, fez desdém do "Minha Casa Minha Vida" da Dilma e também dos cidadãos brasileiros que votam no PT e sonham com uma casa própria.

Anônimo disse...

O cara tem que ter passado muito oleo de peroba no focinho antes de ir ao Dr Moro para vomitar tanta asneira, né Lula!
O cara é um ator de alto gabarito mesmo, tadinho do Tony Ramos perto dele!

Vandeco disse...

"A mentira é como uma bola de neve; quanto mais rola, tanto mais aumenta". Marinho Lutero