quinta-feira, 25 de maio de 2017

Com esse trio, o rumo do Brasil é o brejo.


As articulações para a substituição do presidente Michel Temer evoluíram nas três principais forças políticas do país –PMDB, PSDB e PT– e agora envolvem diretamente três ex-presidentes da República: Fernando Henrique Cardoso, Luiz Inácio Lula da Silva e José Sarney.

Desde a última quinta (18), quando foram divulgados os detalhes da delação da JBS que envolvem Temer, eles têm liderado conversas suprapartidárias em busca de um consenso para a formação de um novo governo, caso o peemedebista seja cassado pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Os três caciques, pontos de contato nos diálogos que acontecem reservadamente em Brasília e São Paulo, cuidam para que os debates não ganhem caráter partidário. (Continua na FSP).

5 comentários:

Anônimo disse...

O primeiro (PSDB) deveria vestir o pijame e cuidar dos netos.
O segundo (PT) deveria estar na cadeia
O terceiro (PMDB) já deveria ter vestido o terno de madeira.

Basta de velharia!


Chris/SP

Anônimo disse...

E esses 3 tirem da cadeia ou o F Beiramar para presidente, Marcola, Elias Maluco ou outro similar; bom demais, suprapartidarios, kibon!
Maluf ou Marina Melancia também seriam excelentes, não acham?

Anônimo disse...

Não muda, esses são responsáveis por tudo isso que está aí.
E...... estão comandando tudo.

Anônimo disse...

Artur Nogueira diz:
O anonimo das 5:21 disse tudo: são os 3 principais responsáveis pela situação a que chegou o Brasil.
Mas dá um bom roteiro de filme : " Os exterminadores de futuro"....

Anônimo disse...

Quando estamos quase acreditando que já estamos quase pisando no fundo do poço...
uma nova cratera se abre sob os nossos pés de brasileiros muito bonzinhos.