sábado, 3 de junho de 2017

A perda da "narrativa" da esquerda

"Narrativa" é um termo usado e abusado pelas esquerdas e pela mídia em geral - ambas relativistas, cultivando a ideia de que não existe verdade. Da mesma forma, não existe realidade, mas apenas diferentes visões ou narrativas diferentes. Pois bem, a esquerda já perdeu a "narrativa" faz tempo. A propósito, segue texto de Rodrigo Constantino, publicado na Istoé:

A extrema esquerda vive dias de profunda angústia. Não é mais capaz de lotar as ruas com seus protestos, mesmo colocando show grátis de septuagenário da MPB e artista global para bater selfies. Só chama a atenção mesmo quando adota a estratégia do quebra-quebra, com a convocação paga com mortadela dos marginais ligados aos sindicatos e MST.
Essa decadência se deve em parte ao avanço das redes sociais, que permitem a exposição da hipocrisia dessa turma de “intelectuais” e artistas engajados, antes protegidos pela hegemonia esquerdista na imprensa. Agora, com direito ao contraditório, fica evidente a perda da narrativa desses socialistas, que sempre viveram só de narrativa, já que seus resultados foram invariavelmente terríveis.

Como essa extrema esquerda pode, por exemplo, gritar por “Diretas Já”, se defende o regime de Maduro na Venezuela ou mesmo Cuba, a ditadura mais longeva e opressora do continente? A democracia e a “vontade do povo”, como podemos perceber, não passam de um engodo, um slogan bonito para enganar trouxas – os que restaram.

Que tal o combate à corrupção, a velha bandeira da ética? Como alguém vai fingir que condena a corrupção se poupa Lula, o chefe da quadrilha petista, a quem Joesley Batista, da JBS, diz ter dado US$150 milhões na Suíça? Essa bandeira está completamente esgarçada. A extrema esquerda é conivente com o crime, desde que o criminoso também seja da esquerda radical.

Será que cabe tentar o discurso de “pai dos pobres” contra as “elites insensíveis”? Como colar, se o governo petista deixou mais de 14 milhões de desempregados, se voltou com a alta inflação, que afeta desproporcionalmente os mais pobres, se foi uma máquina de produzir miséria?

Se o negro for liberal, lascou! Se a mulher for conservadora, fogo nela! E se o machista for do PSOL, silêncio

Democracia, ética, combate à corrupção, crescimento econômico, progresso social: como não cair na gargalhada diante de um típico esquerdista radical que tenta pregar tais coisas? É como se o PT não tivesse governado o Brasil nos últimos 14 anos! É como se a realidade não existisse, para a fantasia sobreviver.

Diante desse quadro angustiante para um socialista brasileiro, só resta mesmo posar de defensor das “minorias”, falar de legalização de drogas, de movimento LGBT, feminismo, identidade de gênero ou outra baboseira qualquer. É fruto do desespero, e por isso tentam monopolizar as virtudes quanto a essas “minorias”.

Mas qualquer olhar atento sabe que esses coletivistas não ligam para os indivíduos de minorias, e apenas usam-nos como mascotes. Se o negro for liberal, lascou! Se a mulher for conservadora, fogo nela! E se o machista for do PSOL, silêncio.

Acabaram as narrativas da extrema esquerda. Restou apenas a triste verdade: essa turma só liga para o poder. E dane-se o outro!

4 comentários:

Anônimo disse...

O mesmo se dá com Chico Buarque - reside em Paris, Caetano, Gil e outros cantores e atores se comportando como prostituas prestando serviço de trapacear as pessoas de crerem de adotam os comunistas e os apresentam ao povão!
Comunista gosta de povo na canga
e eles de chicote na mão, puxados pelos burros de carga!
Sim, os cantores e mais envolvidos em defenderem comunistas seguem apenas os chefões comunistas, burgueses, vivem do bom e do melhor como os Castro num resort e o povo se fudendo na miseria!
SALVE O PODER TUDO O MAIS É ILUSÃO - Lênin.
Comunistas só gostam de dinheiro, poder, esquemas para escravizarem os outros, viverem como sanguessugas e o povão que se foda!

Herege do Socialismo disse...

.
Se tem algo que é uma cruel verdade é que "A CONTRADIÇÃO MOVE O MUNDO".

Veja só o que falam da democracia!

...dizem que a democracia protege as minorias.

Isso é uma aberração, pois que por definição a democracia é a imposição da vontade da maioria. E mais aberrante é que a democracia que defende eleições ditas livres, acaba sujeita às regras dos eleitos. Os eleitos são uma ínfima minoria.

Vejamos:
- A maioria esmagadora é a favor da diminuição da maior idade penal.
- A maioria é a favor da possibilidade de a população possuir armas.
- A maioria é a favor de penas mais rígidas para bandidos.

...e por aí vai. Mas quem impõe tal contrariedade à maioria é uma minoria eleita. Essa minoria eleita cria regras para cercear a liberdade de expressão e a propaganda de idéias e candidatos ao impor um período eleitoral que a permite. Assim é preciso muito dinheiro e acesso à midia para se fazer conhecido e a suas idéias. Além disso os eleitos proibem candidaturas independentes amarrando candidatos ao corporativismo partid[ário, sem o qual não tem chance de candidatar-se.

Há também o fato dos eleitos ARBITRAREM o que pode ou não pode na democracia eleitoreira. Por exemplo a propaganda do SOCIALISMO MARXISTA é permitida, porém a propaganda do SOCIALISMO NACIONALISTA é proibida, bem como a do SOCIALISMO FASCISTA ou Socialismo sindicalista.

O Socialismo Marxista foi e é mais genocida do que o Socialismo Nacionalista.
Porém, a CENSURA aos Socialismos nacionalistas e fascistas (ou sindicalista) VISA APENAS OCULTAR A PRÁTICA DESTES. De modo que vigoram sem que apopulação saiba. Essa canalhice apenas serve para promover o Socialismo Marxista e "limpa-lo" ao sujar os seus outros DOIS IRMÃOS. Os três socialismos tem um único objetivo: REIVINDICAR o PODER ABSOLUTO para a HIERARQUIA ESTATAL.

Basta que se leia o ESTATUTO do NSDAP para se ver que o que o Partido Nacional-Socialista do Trabalhador Alemão defende é totalmente defendido pelos partidos de esquerda que vigoram no mundo (sobretudo defendido pela ONU).

Lá está a vanguarda contra o trabalho infantil, lá está a restrição a meios de comunicação com partyiciapação estrangeira, lá esta as regalias para idosos, lá está desapropriações em nome do bem coletivo, lá esta a regulamentação das relações entre proprietários e funcionários nas empresas e etc..

Basta que se leia o Estatuto do NSDAP para se ver que a proibição à propaganda destes pulhas Nacional-Socialistas é para esconder da população o que se pratica e fala e, desta forma, oferecer um "inimigo" malvado para o Socialismo Marxista. Embora estes, juntamente com o Socialismo Sindicalista (ou Fascismo), sejam irmnãos GÊMEOS e com o MESMO OBJETIVO do finado FEUDALISMO:

ESTABELECER UMA HIERARQUIA SOCIAL onde os que trabalham sustentam as castas que usufruem hierarquicamente da riqueza produzida e EXTORQUIDA dos SERVOS (estes igualados pela hierarquia que os escraviza).

Os FEUDOS atuais são os cargos públicos, o CLERO é a atual midia que tem por tarefa FAZER a CABEÇA da população, CATEQUIZA-LA ou ADESTRA-LA, para ACEITAR A SERVIDÃO. Enquanto isso a NOBREZA que ocupa os CARGOS da HIERARQUIA ESTATAL prestam VASSALAGEM a sues SUZERANOS. Onde um Suzerano pode ser Vassalo de um Suzerano maior.

Eis o que é o bondoso Socialismo: a expressão máxima da canalhice humana. Seja como Socialismo Marxista, Nacionalista ou Fascista (sindicalista).
...tudo isso muito democraticamente.

Porém, LIBERDADE NINGUÉM DEFENDE, mas apenas ideologias safadas que profetisam e prometem um FUTURO PARADISÍACO com vida fácil para todos. Porém entregam apenas UM INFERNO com uma vida de SERVIDÃO.

Anônimo disse...

Rodrigo Constantino sempre "pegando" a veia dos psicopatas vermelhos.

Índio/SP

Anônimo disse...

Herege do Socialismo...

Seu texto é o espelho que o socialismo não quer olhar.

Índio/SP