terça-feira, 20 de junho de 2017

Comissão do Senado rejeita reforma trabalhista. Vitória do sindicalismo fascista.

A decisão da comissão (10 votos a favor e nove contra) mostra que o país continua garbosamente no rumo do brejo, graças aos políticos do Grotão. A melhor saída é mesmo o aeroporto:


A Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado rejeitou nesta terça-feira o parecer da reforma trabalhista redigido pelo senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES), imprimindo ao governo uma importante derrota.

Por 10 votos a 9, os senadores rejeitaram a proposta, que vinha sendo utilizada pelo governo para demonstrar que ainda tem força no Congresso.

A base governista não contava com a derrota na comissão. A expectativa era de votar hoje na CAS e amanhã começar a leitura na Comissão de Constituição de Justiça. O calendário da reforma previa que o texto seria votado dia 28, antes do recesso, no plenário do Senado. (Veja.com).

Um comentário:

Anônimo disse...

Artur Nogueira diz:
Muito cinismo, muita hipocrisia, muita desfaçatez . Todos são a favor de mudanças, reformas, desde que NÃO MEXA NO MEU, NEM PREJUDIQUE MEUS AMIGOS, ENTENDE????? E do lado de cá, como esse povo consegue ser tão subserviente, tão omisso com tudo isso que ocorre?? E há ainda os que acreditam nisso...sei lá, isso é caso de psicopatia, alguma aberração mental/cognitiva...