quarta-feira, 5 de julho de 2017

Milícias chavistas invadem assembleia venezuelana. Itamaraty e políticos brasileiros mudos.

É uma vergonha que não haja uma reação contundente aos massacres cometidos por Nicolás Maduro, que ontem enviou suas milícias invadirem a Assembleia Nacional, dominada pela oposição. O Itamaraty nada diz; o Executivo e o Legislativo também estão mudos, cuidando de salvar o próprio rabo:


Um grupo de chavistas armados com paus e bombas artesanais invadiu nesta quarta-feira, 5, a Assembleia Nacional do país, que é controlada pela oposição. O Parlamento deve votar à tarde um referendo informal contra a Assembleia Constituinte convocada pelo presidente Nicolás Maduro. Ao menos três deputados ficaram feridos no ataque.

Dezenas de pessoas vestidas de vermelho invadiram com violência a sede do Parlamento, onde deputados realizavam uma sessão especial pelo Dia da Independência. 

Américo de Grazia, Nora Bracho e Armando Armas foram golpeados na cabeça. De Grazia foi levado a um hospital e passará por exames.

Os coletivos faziam um plantão de rechaço à Assembleia Nacional previsto para durar seis horas, quando algumas forçaram os portões e entraram. Jornalistas que estavam no prédio foram intimidados e proibidos de tirar fotos da invasão. Um dos homens portava arma de fogo e havia sinais de tiros nas paredes. 

"O governo sempre recorre à violência", disse o deputado opositor Stalin González. "Vamos seguir enfretando esses selvagens."

Mais cedo, membros do governo chavistas suprenderam o Parlamento e organizaram um ato surpresa na Assembleia Nacional, capitaneado pelo vice-presidente Tareck El Aissami, que chegou acompanhado do ministro da Defesa e chefe da Força Armada, Vladimir Padrino López, assim como de membros do gabinete e de partidários chavistas.

Durante o evento, expôs-se a ata de Independência do país, firmada há 206 anos.

El Aissami fez um discurso de cerca de 15 minutos, no qual acusou a oposição de "sequestrar" o Poder Legislativo. Os adversários de Maduro dominam a Casa, com folga, desde sua esmagadora vitória nas urnas em dezembro de 2015.

"Estamos precisamente nas instalações de um poder do Estado que foi sequestrado pela mesma oligarquia que traiu Bolívar e sua causa", disse o vice-presidente, deflagrando aplausos dos convidados.

Maioria na Casa, a oposição reagiu, chamando o ato de "assalto" e "provocação para gerar violência".

"Foi um assalto ao Palácio Federal. Isso podia ter sido feito em coordenação com a mesa-diretora da Assembleia", criticou o deputado Tomás Guanipa, antes da cerimônia parlamentar especial. (Estadão).

2 comentários:

Anônimo disse...

Apenas desequilibrados mentais, refinados ladrões, assassinos e marginais da pesada assumem serem coministas e enfiam nesses
mafias, segundo Lylle Rossiter!
Como se encaixa no abaixo o déspota Maduro!
"O LIBERAL MIND(esquerdista nos EUA, eleitor ou do Partido Democrata, Obama, Hillary... aqui PT-PSDB, PSOL etc., na Venezuela PSUV-Maduro) TRAZ O PRIMEIRO EXAME PROFUNDO DA LOUCURA POLÍTICA MAIS RELEVANTE EM NOSSO TEMPO: OS ESFORÇOS DA ESQUERDA RADICAL PARA REGULAR AS PESSOAS DESDE O BERÇO ATÉ O TÚMULO, VISANDO "SALVAR-NOS" DE NOSSAS VIDAS TURBULENTAS!
A AGENDA ESQUERDISTA RECOMENDA A NEGAÇÃO DA RESPONSABILIDADE PESSOAL, INCENTIVA A AUTO-PIEDADE E OUTRO-COMISERAÇÃO, PROMOVE A DEPENDÊNCIA DO GOVERNO, ASSIM COMO A INDULGÊNCIA SEXUAL, RACIONALIZA A VIOLÊNCIA!
IDEM, PEDE DESCULPAS PELA OBRIGAÇÃO FINANCEIRA, JUSTIFICA O ROUBO, IGNORA A GROSSERIA, PRESCREVE RECLAMAÇÃO E IMPUTAÇÃO DE CULPA, DENIGRE O MATRIMÔNIO E A FAMÍLIA, LEGALIZA TODOS OS ABORTOS, DESAFIA A TRADIÇÃO SOCIAL E RELIGIOSA, DECLARA A INJUSTIÇA DA DESIGUALDADE, E SE REBELA CONTRA OS DEVERES DA CIDADANIA!
DESSA FORMA, APROVA O ROUBO ATRAVÉS DE DIREITOS MÚLTIPLOS PARA BENS, SERVIÇOS E STATUS SOCIAL NÃO ADQUIRIDOS POR ESFORÇO PESSOAL!
O POLÍTICO DE ESQUERDA PROMETE GARANTIR O BEM-ESTAR MATERIAL DE TODOS, FORNECENDO SAÚDE PARA TODOS, PROTEGENDO A AUTO-ESTIMA DE TODOS, CORRIGINDO TODAS AS DESVANTAGENS SOCIAIS E POLÍTICAS EDUCANDO CADA CIDADÃO, ASSIM COMO ELIMINANDO TODAS AS DISTINÇÕES DE CLASSE - DE MENOS, SEMPRE PARA ELE DE SER UM BURGUÊS!
O ESQUERDISMO RADICAL, ASSIM, ATACA OS FUNDAMENTOS DA LIBERDADE CIVILIZADA. DADAS AS SUAS METAS IRRACIONAIS, MÉTODOS COERCITIVOS E FRACASSOS HISTÓRICOS, JUNTAMENTE AOS SEUS EFEITOS PERVERSOS SOBRE O DESENVOLVIMENTO DO CARÁTER, NÃO PODE HAVER DÚVIDA ALGUMA DA LOUCURA CONTIDA NA AGENDA COMUNISTA!
SÓ UMA AGENDA IRRACIONAL, DESEQUILIBRADA DEFENDERIA UMA DESTRUIÇÃO SISTEMÁTICA DOS FUNDAMENTOS QUE GARANTEM A LIBERDADE ORGANIZADA!
APENAS UM HOMEM IRRACIONAL IRIA DESEJAR O ESTADO DECIDINDO SUA VIDA POR ELE, AO INVÉS E CRIAR CONDIÇÕES DE SEGURANÇA PARA ELE PODER DIRECIONAR SUA PRÓPRIA VIDA!
SÓ UMA AGENDA IRRACIONAL TENTARIA DELIBERADAMENTE PREJUDICAR O CRESCIMENTO DO CIDADÃO EM DIREÇÃO À COMPETÊNCIA, ATRAVÉS DA ADOÇÃO DELE PELO ESTADO!
APENAS O PENSAMENTO IRRACIONAL TROCARIA A LIBERDADE INDIVIDUAL PELA COERÇÃO DO GOVERNO, SACRIFICANDO O ORGULHO DA AUTO-SUFICIÊNCIA PARA A DEPENDÊNCIA DO BEM-ESTAR!
SÓ UM LOUCO IRIA VISUALIZAR UMA COMUNIDADE DE PESSOAS LIVRES COOPERANDO E VER NELA UMA SOCIEDADE DE VÍTIMAS EXPLORADAS PELOS VILÕES.
O que temos acima, na obra de Lylle Rossiter, é diagnóstico para tratamento de um comunista, um psicopata e do esquerdismo geral de forma clínica, como um experiente psiquiatra forense.

Anônimo disse...

Cadê a Bandilma?! Cadê o Luladrão?! Nessas horas os nazipetistas bolivarianos ficam calados! Raça maldita! O assassino, déspota e corrupto Maduro tem mais é que ser afastado e pegar prisão perpétua!!!