terça-feira, 18 de julho de 2017

Moro: resposta dura ao advogado de Lula.

Resposta bem merecida, aliás, à enroladora defesa de Lula, frequentemente grosseira nas audiências. Radar on-line:


O juiz Sergio Moro negou o pedido feito pela defesa do ex-presidente Lula para ter acesso à sede da Petrobras. Os advogados pediram para consultar documentos relativos a licitações com participação da Odebrecht.

“… a Defesa insiste no acesso à documentação integral desses contratos bilionários e dos procedimentos de licitação e subsidiariamente indica centenas ou milhares de documentos que pretende ter acesso”, diz Moro.

“A ver deste Juízo, persiste a Defesa na requisição de centenas ou mesmo milhares de documentos irrelevantes para o julgamento”, completa o magistrado.

Moro foi duro na resposta, e afirmou que defesa deseja criar incidentes.

“Ao invés de discutir as questões de fato relevantes no feito, busca ou provocar incidentes de cerceamento de defesa ou a produção de provas desnecessária”, disse. 

O Ministério Público afirma que a Odebrecht pagou vantagem indevida ao ex-presidente Lula. O dinheiro seria originado em sete contratos da empreiteira com a Petrobras.

A defesa de Lula, porém, alega que teve acesso apenas aos autos que interessavam à acusação.

Um comentário:

Anônimo disse...

Moro, aos poucos, vai matando Lula de desespero.

Paródia: 'Você me Abandonou'

https://www.youtube.com/watch?v=N-K90yFY00I

Você me desrespeitou
Ô ô eu não vou ligar
Mas hei de te julgar
Não vou te ferir
Eu não vou te envenenar
O castigo que eu vou te dar é o desespero
Eu te mato devagar
O desespero é uma arma perigosa
É pior do que uma seta venenosa
O desespero para quem sabe sentir
Muitas vezes faz chorar
Outras vezes sucumbir