sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

Hitler também tinha "compromisso", FHC!

Raramente publico textos de Rodrigo Constantino (não porque costume discordar, até pelo contrário), mas este que reproduzo agora diz tudo. Penso o mesmo sobre FHC, que já deveria ter vestido pijama:


Fernando Henrique Cardoso é, sempre foi e pelo visto sempre será um esquerdista. Ninguém pode ter dúvidas, hoje, de que ele sentiu orgulho de repassar a faixa presidencial para seu antigo camarada de ideologia, Luís Inácio Lula da Silva. Em que pesem acertos em sua gestão, quando foi forçado a ceder espaço ao liberalismo, eis a essência de FHC: um sociólogo marxista.

O fato de alguém com esse perfil ser considerado, pela mídia nacional, um representante da “direita brasileira” ou do “neoliberalismo” apenas comprova como vivemos numa hegemonia esquerdista. Preocupado com a “onda conservadora”, mais do que com a possiblidade de volta do PT ao poder, FHC tem se radicalizado cada vez mais, saído em defesa da esquerda, até mesmo de Lula. Pelo visto não bastou ter ajudado a salvar o companheiro do impeachment quando estourou o “mensalão”…

Em entrevista recente, FHC falou do risco de o Brasil eleger um Hitler em 2018. Falava ele do candidato totalitário, socialista como Hitler, que demoniza os mercados, o lucro e o indivíduo como Hitler, e que já até elogiou Hitler em uma antiga entrevista à Playboy? Não, claro que FHC não falava de Lula, o político brasileiro mais parecido com o líder do nacional-socialismo alemão. Ele dava indiretas a Bolsonaro…

Na mesma entrevista, FHC se esforça para ser ainda mais explícito: defende abertamente Lula e cita negativamente Bolsonaro: “Conheço Lula muito bem, mas não conheço Bolsonaro. O Lula tem partido, história, trajetória. Você pode gostar ou não, mas ele tem compromisso. Já Bolsonaro é um homem autoritário. Quais são as opiniões dele? Não sei […]. Bolsonaro não existe ainda. Só existe um sentimento de ‘ordem'”.

Lula tem “compromisso”? Com o quê, exatamente? Só se for com o roubo institucionalizado, com o modelo venezuelano, com a mentira, com o populismo, com Cuba. Lula não tem partido, mas quadrilha. Tem trajetória sim: a de um oportunista desde sempre, dedo-duro na época do regime militar, sindicalista pelego depois, político safado desde então. A trajetória de um pilantra, de um demagogo!

Você pode gostar ou não? Claro, como você pode “gostar ou não” de ser roubado, de ditaduras, de “malandragem”, do petrolão. Quem ainda gosta de Lula não tem caráter, despreza a moral, dá atestado de safadeza ou estupidez. Não é simples questão de gosto, de preferência do freguês. É algo objetivo, assim como gostar de Maduro, como o próprio Lula gosta, é coisa de gente doente ou canalha.

Para FHC, Bolsonaro é autoritário, mas Lula não? O “reizinho populista” que tentou calar a imprensa, expulsar jornalista gringo do país, comprar o Congresso, e que idolatrava Fidel Castro? Lula não é autoritário?!

Fernando Henrique teve seus bons momentos, apesar de tudo. Que decadência! Chegar a esse estágio da vida defendendo Lula e legalização de drogas! FHC adora Obama e Soros, é um socialista fabiano defensor do globalismo, um “progressista” que sente forte atração pelo estado, um “estado-afetivo”, para usar um termo mais palatável aos tempos modernos. Ou seja, um esquerdista do dedão do pé ao último fio de cabelo!

E um sujeito assim é considerado, repito, como moderado ou mesmo de direita em nosso país. Socorro!

7 comentários:

Anônimo disse...

PIOR AINDA... O prá lá de vacilante FHC foi também capacho do PT, mesmo salvando o caudilho Lula do impeachment em 2006 no episodio do Mensalão, sempre foi tratado como escora prá salvar o PT quando necessario e de troco só levava bofetadas, prá deixar de ser otario!
Seu partido socialista aliado dos comunistas foi subserviente da serpente Lula, "oposição" ao PT, ambos grandes merdas a serviço do comunismo internacional!

Anônimo disse...

A Globo esta convocando a população a enviar vídeos de lugares bonitinhos ao fundo, no qual, você, arrumadinho, bem sorridente, deverá dizer sobre o " País que você quer". E, assim, ela dá início a sua campanha política, cutucando os internautas a terem os seus 15 segundos de fama para montar a sua base, cheia de gente bonitinha em lugares bonitinhos.
Que bonito, hein?
Peço aos vaidosos de plantão que não se deixem seduzir pelo chamamento á vaidade e façam muitos, mas muitos mesmo, muitos vídeos com o real cenário do que temos no momento, ou seja, lotem a caixa deles com as imagens dos hospitais falindo, suas filas, e todas mazelas que não deveriam existir, inclusive a de desempregados. Mostrem o sucateamento da nossa polícia, de sua frota, dos seus equipamentos e armamento; A decadência do ensino e abandono das escolas. Mostrem as imagens dos arrastões, dos assaltos, de toda a falta de segurança que temos. Mostrem as avenidas e ruas esburacadas, viadutos sem manutenção, ruas sem asfalto, iluminação, áreas alagadas, áreas em total abandono, esgoto a céu aberto, mendigos que povoam as ruas, preços exorbitantes, invasões de terras... Enfim, tudo o que estamos vivendo, inclusive, o mau atendimento que temos daqueles que deveriam lembrar de que somos nós que pagamos o seu salário, é o mínimo que eles podem oferecer é a educação no trato com as pessoas.
Vamos inverter o tema para o " O país que eu não quero" e manda ver nos vídeos. Se eles querem cenas bonitinhas para fazerem as suas matérias, que façam sozinhos. Se é para o povo ajudar, que seja para mostrar o que eles não querem ver.
Vamos lá gente! Vamos mostrar o País que não queremos mais e que as mídias ajudaram a construir iludindo as massas. É hora de devolver!

VAMOS VIRALIZAR ESTA MENSAGEM EM TODAS REDES SOCIAIS.

Anônimo disse...

Esse sujeito, FHC, tem crimes de lesa-pátria nas costas e dos grandes.

Índio/SP

Anônimo disse...

AO CANALHA LULA...Como pode, um condenado pela justiça que está em liberdade condicional, estar orquestrando contra a própria justiça que o condenou, e, essa mesma justiça não o recolhe a prisão?
ESTÃO COM MEDO DESSE TROÇO, SÓ GOGÓ E TEATRO?

Anônimo disse...

Assim não dá. O povão não aceita mais as imposições da elite política.
Não dá mais a mínima se um candidato não tem um selo de aprovação do FHC.
O fascismo é a antítese da democracia representativa aonde os eleitores ditam a conduta dos seus representantes. Os ditos formadores de opinião perderam a credibilidade. Não se conformam com a perda de influência sobre o eleitorado.

Sempre Mais do MESMO disse...

.
FHC foi o tema de muitas discussões minhas com conservadores adeptos do "menos pior" para não permitir que o estado ficasse atipatizado. Afinal, conservadores facilmente se bandeiam para o Socialismo e vice-versa.

Se conservadores se viravam socialistas, agora a manada socialista se vira conservadora. TUDO EM NOME do ESTADO, para o ESTADO e NADA SEM ESTADO.

Bom lembrar que o ESTATISMO ou mais propriamente SOCIALISMO é o maná dos canalhas, inúteis e vagabundos.
Foi o Estado que ENRIQUECEU FHC e sobretudo durante seu governo o SEU FILHO também pegou o seu quinhão extra do Estado num evento estatal na ALEMANHA onde o REBENTO de FHC, conforme noticiário da época, desviou 18 milhões de reais.

...mas quem se lembra da história? quem procura saber da hisyória com quem viveu os períodos dessa história?

O maníaco Getulio com seu capanga neutralizador de opositores (Gregório) é endeusado pela esquerda, jornalistas e professores porque isentou os midiáticos de impostos ...então podia matar e torturar a vontade.

Juscelino, o bandido acusado de roubalheira e criador da capital no centro do país como proteção ao banditismo que pretendia iniciar é endeusado.

FHC um pústula safado e traiçoeiro, o que há de pior num ser humano, foi endeusado e defendido por imbecis que igualmente queriam AÉCIO como menos pior.

Enfim, SEMPRE SE ESTA QUERENDO O MENOS PIOR. Infelizmente despreza-se sempre o "MENOS MELHOR" em favor do tal menos pior que fica pior a cada eleição. Como determina a boa lógica.

Anônimo disse...

lullalau tem partido, história ou trajetória? Balela! Tem é "culpa no cartório", isso sim.