quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020

Mistério no Supremo: Gilmar puniu alguém.

O que está acontecendo com o ministro da defesa de culpados? Augusto Nunes:


Há menos de um mês, Gilmar Mendes negou o habeas corpus solicitado por um delinquente tão culpado quanto os incontáveis bandidos de estimação que absolveu. Espantado com a notícia singularíssima, sugeri que o alvo da decisão fosse exposto à visitação pública: os brasileiros mereciam contemplar essa raridade, identificada com a inscrição numa placa: “Este é o pecador que conseguiu não ser perdoado por Gilmar Mendes”.

Nesta terça-feira, o ministro da defesa de criminosos recusou-se a livrar de punições outro réu. De novo. A reprise do fenômeno despertou a suspeita de que o que parecia um espasmo pode ser um surto. Nessa hipótese, se Gilmar Mendes resolveu começar a prender.

Nos últimos anos, o ministro vem mostrando que é capaz de absolver qualquer culpado. Até um José Dirceu. É possível que resolva provar que consegue condenar qualquer inocente. Até um bebê de colo.

Um comentário:

Anônimo disse...

Deu a louca. Pirou. Desatinou. Periga voltar ao "normal".